Exorcismo acompanhado por cientistas

Processo de esconjura exibido ao vivo na televisão britânica

22 março 2005
  |  Partilhar:

 

 

 

A televisão britânica exibiu recentemente ao vivo, o exorcismo de um homem. Mas este exorcismo foi diferente do que é normalmente praticado. Isto porque, a sua actividade cerebral foi acompanhada durante todo o processo de expurgação de demónios.
 

 

Num programa do Channe 4, que se destina a estudar as relações entre ciência e religião , o reverendo Trevor Newport, um religioso Pentecostes, exorcizou um homem com cerca de 40 anos, apresentado com o nome de Colin, e que apareceu nos ecrãs da televisão com fios eléctricos presos à cabeça.
 

 

Newport, que ao que parece tem experiência na matéria, disse uma série de orações de esconjuro, para que os demónios abandonassem o homem.
 

 

Segundo o reverendo, Colin era alguém muito agitado e que agora está completamente relaxado. Depois do exorcismo, Colin declarou perante as câmaras: «Na minha vida existiam demónios, dos quais me livrei.»
 

 

Sacerdotes da Igreja Anglicana, psicólogos, religiosos muçulmanos, neurologistas e psiquiatras observaram a experiência. «Durante o processo, vimos uma pequena actividade na região parietal do cérebro», disse o médico Jonathan Bird, neuropsiquiatra do hospital Frenchay de Bristol, Reino Unido, que assistiu à experiência. Durante todo o processo, Colin esteve ligado a um electroencefalograma, um aparelho que mede a actividade eléctrica do cérebro.
 

 

«Também constatamos uma certa assimetria no lóbulo temporal. Quanto a saber se se devia a uma actividade do cérebro ou a uma actividade espiritual, a resposta eu deixo para os especialistas», acrescentou o médico.
 

 

Alguns observadores afirmaram que o alívio sentido pelo paciente era devido a um fenómeno espiritual, enquanto outros compararam o exorcismo a uma forma de hipnose.
 

 

Traduzido e adaptado por:
 

Paula Pedro Martins
 

Jornalista
 

MNI-Médicos Na Internet
 

Partilhar:
Ainda não foi classificado
Comentários 0 Comentar

Comente este artigo

CAPTCHA
This question is for testing whether you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.
Incorrecto. Tente de novo.
Escreva as palavras que vê na imagem acima. Digite os números que ouviu.