Existe consciência nos estados vegetativos

Doentes com lesões cerebrais poderão estar mais atentos do que se julga

30 outubro 2003
  |  Partilhar:

Um pequeno estudo hoje divulgado sugere que alguns pacientes com vida vegetativa devido a lesões cerebrais poderão estar mais conscientes do que os médicos julgam.A descoberta poderá ter efeitos em casos de eutanásia como o que envolve a norte-americana Terri Schiavo, que sofreu uma grave lesão cerebral em 1990 e está no centro de uma disputa familiar sobre se deveria continuar viva.O autor do estudo, John Connolly, da Universidade de Dalhousie de Halifax (Canadá), afirma que os resultados obtidos poderão levar a mudanças na forma como são diagnosticados e tratados doentes como Schiavo.Outros cientistas dizem que o trabalho nada prova enquanto o assunto não for alvo de estudos mais vastos. A investigação em causa envolveu apenas quatro pessoas com graves lesões cerebrais e aparente vida vegetativa durante pelo menos um ano.Eléctrodos colocados na cabeça dos quatro pacientes detectaram ondas cerebrais indicando a existência de algum nível de consciência em três deles quando confrontados com frases sem sentido, segundo o investigador, que acrescentou ter encontrado resultados semelhantes em cerca de 20 outros casos.David Good, um neurologista da Universidade de Wake Forest não envolvido no estudo, afirma que as conclusões de Connoly devem ser interpretadas com cautela mas não postas de parte, por entender que «as investigações significativas começam por vezes com pequenas observações». Connoly vai apresentar os resultados do seu trabalho numa reunião da Sociedade para a Investigação Psicofisiológica que decorre esta semana em Chicago.Fonte: Lusa

Partilhar:
Ainda não foi classificado
Comentários 0 Comentar

Comente este artigo

CAPTCHA
This question is for testing whether you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.
Incorrecto. Tente de novo.
Escreva as palavras que vê na imagem acima. Digite os números que ouviu.