Exercício físico não aumenta inflamação alérgica em crianças asmáticas

Estudo publicado na revista “European Respiratory Journal”

07 janeiro 2009
  |  Partilhar:

Um estudo publicado na revista “European Respiratory Journal” revela que o exercício físico não aumenta a inflamação alérgica em crianças com asma.
 

 

O estudo, liderado por André Moreira, da Faculdade de Medicina da Universidade do Porto, avaliou 34 crianças com asma de origem alérgica persistente. As crianças tinham uma média etária de 12,7 anos. O treino físico consistia em sessões de 50 minutos, duas vezes por semana, ao longo de 12 semanas.
 

 

Em comparação com o grupo-controlo, durante a avaliação o grupo de crianças que praticou exercício dedicou o dobro do tempo a actividade física moderada a vigorosa. No estudo, não foram observadas diferenças entre os grupos na evolução clínica da asma.
 

 

Contudo, o nível de imunoglobulina E (IgE total e IgE específica para ácaros) apresentou uma maior redução no grupo de crianças que praticou exercício. O treino físico não aumentou a inflamação em crianças com asma persistente, e, ao invés, reduziu os níveis de IgE total e específica para alérgenos.
 

 

Em conclusão, o estudo refere "não existir razão para desencorajar a prática de exercício em crianças asmáticas com a doença controlada".
 

 

ALERT Life Sciences Computing, S.A.

Partilhar:
Ainda não foi classificado
Comentários 0 Comentar

Comente este artigo

CAPTCHA
This question is for testing whether you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.
Incorrecto. Tente de novo.
Escreva as palavras que vê na imagem acima. Digite os números que ouviu.