Excesso de peso associado a perda de memória nas mulheres

Estudo publicado no “Journal of the American Geriatrics Society”

18 julho 2010
  |  Partilhar:

As mulheres de meia-idade têm mais um motivo para se manterem em forma, pois quanto mais pesarem pior será a sua memória. Este efeito é mais pronunciado nas mulheres que têm excesso de peso à volta da anca − “corpo em forma de pêra” − do que nas mulheres que acumulam mais gordura em redor da cintura − “corpo em forma de maçã”, sugere um estudo publicado no “Journal of the American Geriatrics Society”.

 

Para este estudo, uma equipa de investigadores da Feinberg School of Medicine da Northwestern University, em Chicago, analisou os dados de 8.745 mulheres, com idades compreendidas entre os 65 e os 79 anos, que não tinham sinais de demência ou problemas cerebrais. Para além de calcularem o índice de massa corporal (IMC) e medirem o perímetro da cintura e da anca, para determinar a distribuição da gordura corporal, os investigadores também analisaram os resultados que as participantes obtiveram num teste de avaliação das suas funções cognitivas.

 

O estudo constatou que, por cada aumento de um ponto no IMC das mulheres ocorria uma diminuição de também um ponto no resultado dos seus testes de memória, tendo estes resultados persistido mesmo depois de os investigadores tomarem em conta outras variáveis que poderiam influenciar o risco de demência, como a diabetes, doenças cardiovasculares e acidente vascular cerebral.

 

Os cientistas acreditam que a razão pela qual as mulheres com o corpo em forma de pêra apresentam uma maior deterioração na função cognitiva e na memória do que as com o corpo em forma de maçã pode estar relacionada com o tipo de gordura que é depositada à volta das ancas ou da cintura. Já se sabia que diferentes tipos de gordura desencadeiam a produção de diferentes citoquinas, podendo causar inflamação e afectar a função cognitiva.

 

A líder da investigação, Diana Kerwin, afirmou em comunicado de imprensa que "este estudo realmente realça a importância de manter um peso ideal", acrescentando que, "mesmo que a mulher se sinta saudável, pois tem a sua pressão arterial e colesterol controlados, os resultados deste estudo sugerem que também necessita de prestar atenção ao seu peso, pois este não afecta só o coração, mas também o cérebro".

 

ALERT Life Sciences Computing, S.A
 

 

Partilhar:
Ainda não foi classificado
Comentários 0 Comentar

Comente este artigo

CAPTCHA
This question is for testing whether you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.
Incorrecto. Tente de novo.
Escreva as palavras que vê na imagem acima. Digite os números que ouviu.