Excesso de paracetamol pode ser fatal

Estudo publicado no “British Journal of Clinical Pharmacology”

29 novembro 2011
  |  Partilhar:

O consumo repetido e excessivo de paracetamol pode provocar, ao longo do tempo, uma sobredosagem perigosa e difícil de detectar que pode causar a morte, sugere um estudo publicado no “British Journal of Clinical Pharmacology”.
 

Esta sobredosagem acumulada pode ocorrer quando as pessoas sentem dor e repetidamente tomam doses de paracetamol superiores às aconselhadas. "Com o tempo, os danos acumulam-se, e o efeito pode ser fatal", revela o líder do estudo, Kenneth Simpson.
 

O problema é que os médicos avaliam, habitualmente, qual o grau de sobredosagem através da medição da quantidade de paracetamol em amostras de sangue recolhidas ao paciente no momento da admissão no hospital. No caso de uma dose única de sobredosagem a amostra de sangue fornece informações relevantes. Mas, as pessoas com sobredosagem acumulada poderão apresentar níveis baixos de paracetamol no sangue, apesar de estarem em risco de falência do fígado ou morte.
 

Neste estudo, os investigadores da University of Edinburgh Scottish Liver Transplantation Unit, na Escócia, analisaram os dados de 663 pacientes que tinham dado entrada no Royal Infirmary of Edinburgh entre 1992 e 2008 com danos no fígado provocados pela toma de paracetamol.
 

Os investigadores constataram que 161  pacientes tinham tomado sobredosagem acumulada, habitualmente para aliviar várias dores comuns, como dor abdominal, muscular, de cabeça ou dentes.
 

Kenneth Simpson explicou que na admissão estes pacientes pareciam apresentar problemas de fígado e cerebrais, requerendo diálise ou ajuda para respirar e estavam em maior risco de morte, do que os indivíduos que tinham tomado um única dose excessiva. O problema é ainda maior para as pessoas que chegam ao hospital repetidamente com uma sobredosagem, estas também têm um maior risco de morte ou precisam de um transplante de fígado.
 

ALERT Life Sciences Computing, S.A.

Partilhar:
Classificações: 3Média: 4.7
Comentários 0 Comentar

Comente este artigo

CAPTCHA
This question is for testing whether you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.
Incorrecto. Tente de novo.
Escreva as palavras que vê na imagem acima. Digite os números que ouviu.