Exame pélvico: benefícios postos em causa

Estudo publicado nos “Annals of Internal Medicine”

03 julho 2014
  |  Partilhar:

Apesar de o exame pélvico fazer, habitualmente, parte da consulta de rotina ginecológica, as novas recomendações do American College of Physicians (ACP) demostram que para as mulheres saudáveis este representa mais riscos que benefícios.
 

Estas recomendações, publicadas nos “Annals of Internal Medicine” tiveram por base a revisão bibliográficas de artigos, publicados entre 1946 até janeiro de 2014, sobre esta temática.
 

De acordo com um dos membros da ACP, Linda Humphrey, “o exame pélvico não mostrou ser benéfico para as mulheres assintomáticas, com risco moderado e que não estão grávidas. Raramente deteta doenças importantes, não reduz a mortalidade e está associado a algum desconforto, falsos positivos, exames negativos e custos extra”.
 

A ACP defende que no âmbito do rastreio do cancro do colo do útero o exame deve ser limitado à inspeção visual do colo do útero, recolha de amostras das células do colo do útero e, para algumas, teste ao vírus do papiloma humano, não sendo necessário o exame bimanual. O ACP verificou que a precisão do exame pélvico na deteção do cancro ginecológico ou de infeções é baixa.
 

A ACP acrescenta ainda que este tipo de exame é adequado para as mulheres com sintomas, incluindo corrimento vaginal, hemorragias anormais, dores, problemas urinários ou ainda disfunção sexual.
 

“O exame pélvico expõe as mulheres adultas assintomáticas e que não estão grávidas a danos desnecessários e evitáveis, incluindo ansiedade, vergonha, desconforto, podendo ainda impedir que algumas mulheres obtenham os exames médicos necessários”, referiu ainda um dos membros da ACP.
 

Para George Sawaya e Vanessa Jacoby, da Univerisdade de Califórnia, nos EUA, o exame pélvico ocupou, ao longo de várias décadas, um lugar de destaque na saúde da mulher passando a ser um ritual mais do que uma prática baseada em evidências. Tendo por base as evidências atuais os médicos que continuarem a realizar este exame devem pelo menos ter a noção da incerteza dos benefícios e dos possíveis falsos positivos resultantes.

 

ALERT Life Sciences Computing, S.A.

Partilhar:
Ainda não foi classificado
Comentários 0 Comentar

Comente este artigo

CAPTCHA
This question is for testing whether you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.
Incorrecto. Tente de novo.
Escreva as palavras que vê na imagem acima. Digite os números que ouviu.