Exame para detectar doença pulmonar crónica passa a ser feito nos centros de saúde

Projecto arrancou esta semana em Espinho

06 fevereiro 2009
  |  Partilhar:

O Centro de Saúde de Espinho tem a funcionar um “projecto pioneiro” com o qual o governo se propõe facilitar o acesso às espirometrias, os exames de detecção precoce da Doença Pulmonar Obstrutiva Crónica (DPOC).
 

 

Esse exame irá auxiliar na prevenção e no diagnóstico de problemas respiratórios, através da medição de sintomas como a tosse, a falta de ar e a sibilância.
 

 

Com recurso a um serviço móvel, que envolve técnicos de pneumologia e equipamento médico específico, o programa vai permitir que os utentes realizem nos centros de saúde um exame que, até agora, só estava disponível nos hospitais.
 

 

Fonte do Ministério da Saúde, citada pela agência Lusa, revela que, dentro de um mês, o programa será alargado ao Centro Hospitalar Lisboa Norte - que integra o Hospital de Santa Maria e o Hospital Pulido Valente.
 

 

De acordo com dados da Sociedade Portuguesa de Pneumologia (SPP), a DPOC é a sexta causa de morte em Portugal e é a única doença crónica que regista crescimento e mata mais do que o cancro do pulmão ou a SIDA.
 

 

ALERT Life Sciences Computing, S.A.

Partilhar:
Ainda não foi classificado
Comentários 0 Comentar

Comente este artigo

CAPTCHA
This question is for testing whether you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.
Incorrecto. Tente de novo.
Escreva as palavras que vê na imagem acima. Digite os números que ouviu.