Europeus consideram-se religiosos

Questionário abrangeu 21 mil pessoas, em 21 países

23 dezembro 2004
  |  Partilhar:

 Apesar de dois em cada três europeus acreditar num Deus, os habitantes do Velho Continente não são frequentadores assíduos das igrejas, já que 25 por cento admite que nunca lá põe os pés. Com o objectivo de analisar a atitude e o comportamento religioso de 21 mil pessoas, em 21 países (Europa, Turquia, Rússia e EUA), o inquérito encomendado pelo «Wall Street Journal» concluiu que as crenças diferem muito de nação para nação. Este estudo não abrangeu Portugal. Enquanto que os italianos (98 por cento), os polacos (98) e os espanhóis (93) se dizem claramente católicos, os escandinavos são maioritariamente protestantes (Suécia 86 por cento, Dinamarca 94 e Finlândia 90). Já os gregos são predominantemente ortodoxos (98 por cento) e os turcos 100 por cento muçulmanos. O Reino Unido é dos poucos países onde não existe uma única religião dominante. A religião é mais forte entre as mulheres do que entre os homens (72 por cento contra 63) da Europa Ocidental. E de igual forma, aqueles que habitam nas áreas rurais são mais crentes do que os urbanos. Em todos os países inquiridos, mais pessoas acima dos 50 anos acreditavam num Deus do que aqueles com menos de 30 anos. Mais de metade dos habitantes na Europa Ocidental não encaram como um problema a coexistência com muçulmanos no Velho Continente.Fonte: Público

Partilhar:
Ainda não foi classificado
Comentários 0 Comentar

Comente este artigo

CAPTCHA
This question is for testing whether you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.
Incorrecto. Tente de novo.
Escreva as palavras que vê na imagem acima. Digite os números que ouviu.