Europa dá parecer positivo a vacina contra o Cancro do Colo do Útero

Especialistas defendem o seu uso também em homens

22 agosto 2006
  |  Partilhar:

 

A primeira vacina contra o Cancro do Colo do Útero teve o parecer positivo do Comité europeu de Medicamentos de Uso Humano (CHMP). Este é o último passo antes da autorização final para a sua comercialização, que deverá ter lugar no final do ano.
 

 

A vacina chama-se Gardasil, é produzida pelo laboratório Merck e já foi aprovada pela Food and Drug Administration (FDA), dos EUA. A sua aplicação é sobretudo recomendada a raparigas muito jovens, a partir dos 9 anos de idade, e o objectivo é impedir que sejam infectadas pelo vírus do papiloma humano (HPV) dos tipos 6, 11, 16 e 18.
 

 

No entanto, investigadores da University of California, em Los Angeles, EUA, defenderam que a vacina deve ser tomada também pelos homens. "Temos de mudar para um paradigma em que a vacina passa a ser universal", adiantou Bradley Monk, professor de Oncologia Ginecológica na Universidade da Califórnia, num comentário publicado na revista Obstetrics & Gynecology citado pela Reuters. É que os homens podem ser portadores do vírus e transmiti-lo às parceiras. Para além disso, "a vacina também os pode proteger de terem verrugas genitais", adiantou Monk.
 

 

Na Europa, a vacina será vendida pela Sanofi Pasteur que, em Janeiro, pediu autorização à Agência Europeia do Medicamento (EMEA) para a comercializar.
 

 

Fontes: Público e Imprensa Internacional
 

MNI- Médicos na Internet
 

Partilhar:
Ainda não foi classificado
Comentários 0 Comentar

Comente este artigo

CAPTCHA
This question is for testing whether you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.
Incorrecto. Tente de novo.
Escreva as palavras que vê na imagem acima. Digite os números que ouviu.