Euro pode causar problemas de pele

Estudo confirma alergia provocada pelo níquel de certas moedas

26 novembro 2001
  |  Partilhar:

Com a chegada da moeda única, o euro, agendada para Janeiro próximo, não serão só os problemas de pura matemática que irão preocupar a cabeça dos europeus. As pessoas sensíveis ao níquel das moedas também vão ter comichões e sensações desagradáveis na pele.
 

 

Segundo um estudo recente, duas das oito novas moedas do euro que entrarão em circulação na Europa em menos de dois meses libertam tanto níquel que as pessoas alérgicas ao metal podem desenvolver eczemas na mão.
 

 

Esta é a conclusão de um estudo feito por um dermatologista sueco e um laboratório britânico. Segundo os especialistas, apenas cinco minutos de contacto com as moedas de um e dois euros podem desencadear sintomas como comichão e inflamação de pele.
 

 

No estudo, as moedas foram introduzidas, durante uma semana, em uma solução semelhante ao suor humano para imitar os efeitos de seu manuseio. A quantidade de níquel presente estava 30 vezes acima do nível estimado pelos cientistas como mínimo suportável durante uma única exposição.
 

 

Esta investigação vem reforçar as conclusões de outros estudos preliminares com moedas francesas, britânicas e suecas, que contêm níquel, e já haviam apontado os riscos de reacções alérgicas em pessoas sensíveis a este metal.
 

 

Alergia ao níquel
 

 

A alergia ao níquel - metal duro de cor branca ou prateada -é bastante comum , já que vários produtos contêm esse agente na sua fórmula. Além das moedas, é o caso das bijuterias, jóias pechisbeque, fecho éclair, tesouras, pregos, canetas, pinças, enfim, uma infinidade de produtos que utilizamos no dia-a-dia.
 

 

As lesões causadas por este metal aparecem nos locais que entram em contacto com os produtos. Assim sendo, é comum observarmos, por exemplo, uma vermelhidão à volta do pescoço daqueles que usam fios feitos com níquel ou uma alergia no lóbulo da orelha provocada pelos brincos com níquel.
 

 

Essas lesões provocam muita comichão, vermelhidão e até bolhas. Uma forma de solucionar o problema é evitar o uso destas bijuterias ou produtos que provoquem a alergia, além de usar uma pomada à base de corticóide para aliviar os sintomas. Em situações mais severas, os especialistas costumam prescrever anti-histamínicos por via oral. No caso das moedas com níquel, lavar as mãos com água e sabão pode diminuir a reacção alérgica ao material.
 

 

Estima-se que 15 por cento das mulheres entre 2 a 5 por cento dos homens no mundo são alérgicos ao metal. Destes, entre 30 a 40 por cento podem desenvolver um eczema - uma grave inflamação da pele - que pode até levar ao afastamento laboral.
 

 

Paula Pedro Martins
 

MNI - Médicos Na Internet
 

Partilhar:
Ainda não foi classificado
Comentários 0 Comentar

Comente este artigo

CAPTCHA
This question is for testing whether you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.
Incorrecto. Tente de novo.
Escreva as palavras que vê na imagem acima. Digite os números que ouviu.