EUA: Empresa prepara-se para vender leite materno...

...para tratar bebés doentes

08 agosto 2005
  |  Partilhar:

 

 

 

Uma empresa norte-americana apresentou, na semana passada, a pretensão de comercializar leite materno para hospitais, destinado ao tratamento de bebés doentes.
 

 

Segundo a própria companhia, sediada em Los Angeles, Califórnia, denominada Prolacta Bioscience, esta é uma comercialização pioneira.
 

Actualmente, a doação de leite materno nos Estados Unidos está confinada a instituições sem fins lucrativos que recolhem leite doado para fornecê-lo a crianças doentes e nascidas prematuramente e cujas mães têm dificuldade em amamentar.
 

 

Com minerais, enzimas digestivas e anticorpos, o leite materno é tido como muito importante para manter o desenvolvimento do bebé.
 

 

Por isso, além de estarem a desenvolver terapias baseadas no leite materno, a Prolacta pretende adquirir leite de bancos independentes de doação e hospitais dos Estados Unidos, pasteurizá-lo e revendê-lo a instituições hospitalares para tratar bebés nascidos abaixo do peso ideal.
 

 

O leite também seria fornecido a crianças com defeitos no coração, que precisam de cirurgia e apresentam risco de infecção, e crianças sob tratamento de quimioterapia.
 

 

Para alguns críticos da iniciativa, em declarações à BBC on-line, o negócio poderá levar algumas mães a vender o leite em detrimento das necessidades dos seus próprios filhos.
 

 

MNI- Médicos Na Internet
 

Partilhar:
Ainda não foi classificado
Comentários 0 Comentar

Comente este artigo

CAPTCHA
This question is for testing whether you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.
Incorrecto. Tente de novo.
Escreva as palavras que vê na imagem acima. Digite os números que ouviu.