Etiqueta inteligente fornece indicação da deterioração de produtos

Estudo publicado na revista “ACS Nano”

20 março 2014
  |  Partilhar:

Investigadores chineses desenvolveram uma etiqueta inteligente que poderá informar os consumidores se um determinado produto alimentar está deteriorado, sem ser necessário abrir a embalagem, dá conta um estudo publicado na revista “ACS Nano”.
 

Os resultados deste estudo preliminar, o qual foi apresentado na Reunião Nacional da Sociedade Química Americana, indicam ainda que esta etiqueta poderá ser utilizada para determinar se os medicamentos e outros produtos perecíveis ainda se encontram ativos ou frescos.
 

O líder do estudo, Chao Zhang, explica que esta etiqueta que tem uma consistência de gel, apresenta um baixo custo e é segura, pode ser amplamente programada para imitar quase todos os processos de deterioração dos alimentos associados ao ambiente e temperatura.
 

Na opinião do investigador da Universidade de Pequim, China, uma das vantagens desta etiqueta é que esta poderia ser utilizada para informar os fabricantes, proprietários de lojas de supermercado e os consumidores se os alimentos foram indevidamente expostos a temperaturas elevadas, as quais poderiam causar uma deterioração inesperada.
 

Esta etiqueta, que tem aproximadamente o tamanho de metade de um grão de milho, apareceria num código de diferentes cores nas embalagens dos produtos, em que o vermelho significaria que o produto se encontrava perfeitamente fresco e o verde ou azul indicaria que o produto já estaria deteriorado.
 

Os investigadores desenvolveram e testaram esta etiqueta com uma das bactérias causadoras de intoxicações alimentares, a Escherichia coli, no leite. “Sincronizamos com sucesso, a múltiplas temperaturas, o processo de evolução química na etiqueta inteligente com o crescimento microbiano no leite”, referiu, Chao Zhang. Este tipo de etiquetas podem ser adaptável a outro tipo de alimentos e bebidas, acrescentou ainda o investigador.
 

Chao Zhang refere ainda que nenhum dos reagentes utilizados na etiqueta é tóxico e alguns deles são ainda modificáveis.

 

ALERT Life Sciences Computing, S.A.

Partilhar:
Ainda não foi classificado
Comentários 0 Comentar

Comente este artigo

CAPTCHA
This question is for testing whether you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.
Incorrecto. Tente de novo.
Escreva as palavras que vê na imagem acima. Digite os números que ouviu.