Estudos sobre saúde em Souselas não são experimentação científica
17 abril 2001
  |  Partilhar:

Rastreio, afinal, não é a designação técnica adequada ao trabalho de avaliação da saúde da população de Souselas hoje iniciado, afirmou à Agência Lusa o professor de medicina Henrique de Barros.
 

 

Este membro da Comissão Científica Independente rejeitou também que a equipa técnica por si coordenada esteja a trabalhar no domínio da experimentação científica, como têm opinado outros especialistas, em especial Massano Cardoso.
 

 

Henrique de Barros, professor da Faculdade de Medicina do Porto, deslocou-se hoje a Coimbra para participar num encontro destinado a preparar os estudos médicos em que alguns cidadãos se disponibilizaram a colaborar.
 

 

A avaliação de indicadores do estado de saúde dos habitantes da zona vai ser tida em conta, designadamente, os estilos de vida, avaliação da função respiratória, análises ao sangue e urina e electrocardiogramas.
 

 

Segundo o responsável, a mesma metodologia de avaliação será aplicada a residentes da zona do Outão, e até nas áreas envolventes de Alhandra e Maceira, cujas cimenteiras não foram escolhidas para co-incinerar resíduos industriais perigosos.
 

 

Fonte: Lusa

Partilhar:
Ainda não foi classificado
Comentários 0 Comentar

Comente este artigo

CAPTCHA
This question is for testing whether you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.
Incorrecto. Tente de novo.
Escreva as palavras que vê na imagem acima. Digite os números que ouviu.