Estudos sobre o tratamento da Tinha por Raios-X

Conheça os resultados

27 julho 2006
  |  Partilhar:

Uma equipa de cientistas do Instituto de Patologia e Imunologia Molecular da Universidade do Porto com o Hospital de Pedro Hispano está a investigar as consequências do tratamento da Tinha com Raios-X em pessoas sujeitas a esta terapia nos anos 50.Segundo os estudos da época realizados por Aureliano da Fonseca, do Dispensário Central de Higiene Social do Porto, só entre 1948 e 1952 foram tratadas mais de 660 crianças das zonas piscatórias de Póvoa de Varzim e nas Caxinas, Vila do Conde, de um total de 1821 casos detectados no distrito do Porto.Esses números continuaram a engrossar nos anos seguintes, fazendo desta zona um dos focos conhecidos de maior concentração daquele tratamento.Segundo o Público, além dos hospitais já equipados com aparelhos de raios X, muitos doentes foram submetidos a tratamento em consultórios de médicos particulares e em hospitais de província para onde os aparelhos terão sido transportados por unidades móveis.Fonte: Público

Partilhar:
Ainda não foi classificado
Comentários 0 Comentar

Comente este artigo

CAPTCHA
This question is for testing whether you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.
Incorrecto. Tente de novo.
Escreva as palavras que vê na imagem acima. Digite os números que ouviu.