Estudo sugere ligação entre stress, HPV e Cancro do Colo do Útero

Trabalho publicado nos “Annals of Behavioural Medicine”

07 abril 2008
  |  Partilhar:

A exposição ao stress, em mulheres portadoras do vírus HPV16, pode potenciar o desenvolvimento de Cancro do Colo do Útero, ao diminuir a resposta imunitária ao agente, aponta um estudo publicado na revista científica “Annals of Behavioural Medicine”.
 

 

Cientistas da Fox Chase Cancer Centre, EUA, efectuaram questionários a 78 mulheres com anormalidades nos exames de colo do útero, nos quais foi aferido o grau de stress do dia-a-dia profissional e pessoal durante um mês.
 

 

Depois da análise, os cientistas mediram as reacções do sistema imunitário das mulheres quando confrontado com o vírus HPV e compararam os resultados com os de 28 mulheres que apresentavam resultados normais nos exames ao colo de útero.
 

 

Os resultados da pesquisa indicam que a reacção do sistema imunitário das mulheres que tinham uma rotina diária de stress era mais fraca do que nas mulheres que tinham uma vida mais tranquila.
 

 

"As mulheres com alto nível de stress têm uma resposta fraca ao HPV16. Isso significa que elas têm um risco maior de desenvolver Cancro do Colo do Útero porque o sistema imunitário não consegue combater os vírus que causam este tipo de cancro", afirma Carolyn Fang, que liderou o estudo.
 

 

ALERT Life Sciences Computing, S.A.
 

 

Partilhar:
Ainda não foi classificado
Comentários 0 Comentar

Comente este artigo

CAPTCHA
This question is for testing whether you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.
Incorrecto. Tente de novo.
Escreva as palavras que vê na imagem acima. Digite os números que ouviu.