Estudo mostra riscos de reincidência do melanoma

Antecedentes genéticos aumenta probabilidade de desenvolver doença

11 outubro 2005
  |  Partilhar:

 

 

O melanoma, um dos tipos de cancros mais fatais, pode reaparecer apesar dos tratamentos para eliminar a doença, segundo um estudo divulgado pelo Journal of the American Medical Association. Esse risco, de um cancro que é altamente tratável, é ainda maior se existirem antecedentes genéticos da doença, afirmou a publicação.
 

 

O estudo realizado pelo Memorial Sloan-Kettering Cancer Center, em Nova Iorque, avaliou 4.484 doentes, entre os quais foi detectado um melanoma primário entre 1 de janeiro de 1996 e 31 de dezembro de 2002.
 

 

 

Os resultados da investigação mostraram que entre os pacientes existia 11% de risco de desenvolver um melanoma secundário no ano do diagnóstico da doença. Entre os que desenvolveram um segundo caso da doença mostraram 31% de possibilidades de desenvolver um terceiro tumor num período que varia entre 1 e 5 anos. Além disso, entre os pacientes que desenvolveram mais de um tumor inicial, 21% tinham antecedentes familiares da doença, acrescentou o relatório.
 

 

MNI-Médicos Na Internet
 

Partilhar:
Ainda não foi classificado
Comentários 0 Comentar

Comente este artigo

CAPTCHA
This question is for testing whether you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.
Incorrecto. Tente de novo.
Escreva as palavras que vê na imagem acima. Digite os números que ouviu.