Estudo mostra que Alzheimer é quase tão temido como o Cancro

Estudo internacional

25 julho 2011
  |  Partilhar:

Um novo estudo internacional, conduzido na França, Alemanha, Polónia, Espanha e Estados Unidos, revela que o Alzheimer é visto como uma ameaça grave, e quase tão temido como o Cancro.

 

Foram conduzidas entrevistas telefónicas a quase 2700 adultos na Europa e nos Estados Unidos, que mostraram que a maioria dos cidadãos dos 5 países considera o Alzheimer a segunda doença mais temida, depois do cancro, e cerca de metade a três quartos conhecia alguém com a doença.

 

O estudo mostrou também que a maioria dos entrevistados não hesitaria em visitar o médico se ele ou os familiares apresentassem sintomas da doença (cerca de 85% a 95% dos entrevistados), embora muitos não soubessem que não há um teste eficaz para detectar a doença, nem existe tratamento (cerca de 38% a 59% expressaram confiança de haver um teste para detectar a doença num estádio inicial).
Robert Blendon, co-autor do estudo e Professor de Políticas de Saúde e Análise Política na Escola de Saúde Pública de Harvard em Boston, nos EUA, afirma que “O que temos são resultados absolutamente surpreendentes. Primeiro, descobrimos que há um elevado grau de vontade e aceitação em consultar um profissional de saúde por parte das pessoas que têm sintomas de confusão ou perda de memória, que estudos anteriores não mostravam. Mas também descobrimos que muitos acreditam que existe efectivamente um medicamento ou tratamento que atrasa a progressão da doença. E uma fatia muito significativa de pessoas está convencida de que existem testes fiáveis para determinar em que momento está a doença.”

 

De acordo com o Alzheimer's Disease International, cerca de 36 milhões em todo o mundo de pessoas sofrem de algum tipo de demência, um número que se espera que aumente para 115 milhões em 2050.
 

Partilhar:
Classificações: 1 Média: 5
Comentários 0 Comentar

Comente este artigo

CAPTCHA
This question is for testing whether you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.
Incorrecto. Tente de novo.
Escreva as palavras que vê na imagem acima. Digite os números que ouviu.