Estudo mostra eficácia da hormona do crescimento associada à testosterona

Trabalho do Garvan Institute de Sydney

11 junho 2007
  |  Partilhar:

 

Um estudo recente realizado na Austrália acaba de demonstrar que a hormona do crescimento humana (hGH) administrada sozinha tem pouco efeito sobre o desempenho dos atletas, ao contrário da sua associação com a testosterona.
 

 

A pesquisa foi conduzida por dois cientistas do Garvan Institute de Sydney. "Ficámos surpreendidos ao descobrir que a utilização do hGH não tem efeito sobre a massa muscular ou o desempenho", afirmou o professor Ken Ho na conferência anual da Sociedade de Endocrinologia, realizada na semana passada em Toronto, Canadá.
 

 

"O uso do hGH faz distender o músculo devido à retenção de água, mas não aumenta a massa muscular", acrescentou.
 

 

O cocktail é, segundo o estudo, mais fácil de ser detectado do que a ingestão isolada do hGH. A associação com a testosterona, de acordo com Ho, melhora o desempenho num aspecto particular: o da potência no "sprint" e permite que a hormona do crescimento seja mais facilmente detectável, devido a um novo teste em desenvolvimento o qual dever permitir a detecção dessa substância mesmo várias semanas após o consumo.
 

 

MNI- Médicos Na Internet
 

Partilhar:
Ainda não foi classificado
Comentários 0 Comentar

Comente este artigo

CAPTCHA
This question is for testing whether you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.
Incorrecto. Tente de novo.
Escreva as palavras que vê na imagem acima. Digite os números que ouviu.