Estudo inédito sobre doenças reumáticas em Portugal

Projecto arrancou esta semana

14 setembro 2011
  |  Partilhar:

Um estudo inédito sobre as doenças reumáticas arrancou esta semana, a nível nacional, abrangendo 10 mil pessoas, com o objectivo de garantir um diagnóstico sobre uma patologia que atinge 2,7 milhões de portugueses.

 

As doenças reumáticas são “a patologia mais frequente da raça humana”, segundo, avançou à agência Lusa, Jaime Branco, responsável do estudo Reuma Census, o primeiro estudo epidemiológico, com uma dimensão que o torna “inédito a nível mundial”.

 

Estas doenças têm uma elevada expressão em Portugal, atingindo mais de um quarto da população (25,7%). Estima-se que, destes doentes, 1,7 milhões sejam mulheres e 970 mil homens.

 

Há mais de cem tipos de doenças reumáticas e podem afectar o aparelho locomotor (ossos, articulações, músculos e tendões) e outros órgãos, como o coração, o rim, o pulmão, sistema nervoso, os olhos e a pele.

 

Uma em cada cinco consultas dos médicos de medicina geral está relacionada com doenças reumáticas, a principal causa de reforma antecipada por invalidez em Portugal.

 

ALERT Life Sciences Computing, S.A.

Partilhar:
Ainda não foi classificado
Comentários 0 Comentar

Comente este artigo

CAPTCHA
This question is for testing whether you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.
Incorrecto. Tente de novo.
Escreva as palavras que vê na imagem acima. Digite os números que ouviu.