Estudo explica eficácia dos remédios homeopáticos

Diluição agrupa moléculas das substâncias

12 novembro 2001
  |  Partilhar:

Ao longo das últimas décadas, e com os avanços científicos comprovados em diversas áreas, os medicamentos homeopáticos têm sido subestimados pelos cientistas. Mas um estudo recente, publicado na revista científica New Scientist sugere que os remédios homeopáticos podem mesmo fazer efeito.
 

 

A diluição de um ingrediente é o princípio de vários medicamentos homeopáticos. Em alguns casos, a homeopatia defende que, quanto mais o remédio é diluído, mais potente se torna. A diluição contraria, no entanto, a crença científica, de que a diluição enfraquece os efeitos do princípio activo.
 

 

Mas um estudo elaborado por químicos sul-coreanos, publicado na semana passada na revista científica New Scientist , mostra que a dissolução não espalha as moléculas. Pelo contrário, elas tendem a agregar-se em grupos ainda maiores, que se juntam a outros grupos. Em termos científicos, isso significa que um medicamento homeopático bastante diluído pode conter uma quantidade maior do princípio activo.
 

 

Experiência
 

 

Para chegar a estas conclusões, os cientistas fizeram a experiência com soluções concentradas. No momento, os investigadores sul-coreanos querem confirmar se o mesmo princípio funciona também em soluções mais diluídas.
 

 

Médicos não concordam
 

 

Os médicos, no entanto, não estão convencidos com os resultados deste novo estudo. A «cruzada» contra a homeopatia continua firme. Experiências clínicas que compararam o uso de remédios homeopáticos com placebos (substâncias sem nenhum efeito medicinal) não foram conclusivas. Enquanto algumas experiências mostraram que os remédios homeopáticos tinham um efeito maior do que o placebo, outras concluiram precisamente o contrário. Um estudo feito 1997 foi favorável à homeopatia, mas não a um nível suficiente para mudar a opinião dos médicos mais cépticos.
 

 

Em declarações à BBC, Edzard Ernst, especialista em medicina complementar da Universidade de Exeter, Inglaterra, disse esperar que sejam realizados testes em larga escala para resolver a questão de uma vez. E acrescentou que, por enquanto, não existem evidências para comprovar a eficácia da homeopatia.
 

 

Paula Pedro Martins
 

MNI - Médicos Na Internet
 

Partilhar:
Ainda não foi classificado
Comentários 0 Comentar

Comente este artigo

CAPTCHA
This question is for testing whether you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.
Incorrecto. Tente de novo.
Escreva as palavras que vê na imagem acima. Digite os números que ouviu.