Estudo e prevenção de todas as violências

Centro Hospitalar e Universitário de Coimbra vai ser o promotor

09 janeiro 2014
  |  Partilhar:

O Centro Hospitalar e Universitário de Coimbra (CHUC) vai albergar um centro para o estudo, prevenção e tratamento das vítimas de todas as formas de violência e dos agressores.
 

“Vamos desenvolver uma experiência piloto” no sentido de criar “uma agência contra a tortura e qualquer outra forma de violência e de trauma” e em “defesa dos direitos humanos”, revelou o diretor do Serviço de Psiquiatria do CHUC, António Reis Marques.
 

A notícia avançada pela agência Lusa refere que este projeto inédito, pelo menos na Europa, vai contar com a participação de várias instituições e pessoas, de todo o país, relacionadas com o problema da violência.
 

Desenvolvida no âmbito do Serviço de Psiquiatria e com “o apoio do conselho de administração do CHUC”, a agência preocupar-se-á com todo o tipo de violência, desde a violência familiar ou doméstica à violência sexual ou da tortura ao assédio moral”, explicitou Reis Marques, referindo que o problema será abordado na perspetiva da vítima e também do agressor.
 

Esta estrutura pretende “envolver todas as entidades relacionadas com estas temáticas”, salientou o responsável, adiantando que já está programada “uma reunião, que se vai realizar dentro de alguns dias”, com a participação de pessoas das mais diversas entidades ligadas à justiça, à saúde e à administração interna.
 

Duarte Nuno Vieira, que também está envolvido no projeto, sustentou que “a tortura é transversal, não há nenhum país que possa dizer que é imune à tortura”.

 

ALERT Life Sciences Computing, S.A.

Partilhar:
Ainda não foi classificado
Comentários 0 Comentar

Comente este artigo

CAPTCHA
This question is for testing whether you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.
Incorrecto. Tente de novo.
Escreva as palavras que vê na imagem acima. Digite os números que ouviu.