Estudo avalia relação entre regressão da cirrose e prognóstico na hepatite C crónica

Trabalho publicado na revista “Annals of Internal Medicine”

06 outubro 2008
  |  Partilhar:

Um estudo publicado na revista “Annals of Internal Medicine” avaliou a relação entre regressão da cirrose e prognóstico em 96 pacientes com hepatite C crónica após terapia anti-viral.
 

 

O efeito da regressão da cirrose na hepatite C crónica é desconhecido, tendo sido documentado em poucos estudos.
 

 

Os pacientes foram acompanhados, em média, durante 118 meses, sendo que, nesse período, 18 pacientes apresentaram regressão da cirrose.
 

 

A incidência do desfecho combinado (ascite- acumulação de líquido na cavidade abdominal -, encefalopatia hepática, sangramento de varizes, peritonite bacteriana espontânea, carcinoma hepatocelular ou transplante hepático) foi 0 por 100 pacientes-ano, em pacientes com regressão da cirrose, e quatro em pacientes sem regressão. A taxa de sobrevida sem recorrer a transplante em 10 anos foi 100% em pacientes com regressão da cirrose e 74,2% em pacientes sem regressão.
 

 

Pelos resultados do estudo percebe-se que ocorre regressão da cirrose após terapia anti-viral em alguns pacientes com hepatite C crónica. A regressão associa-se à menor morbilidade relacionada à doença e aumenta a sobrevida.
 

 

Alert Life Sciences Computing, SA
 

Partilhar:
Ainda não foi classificado
Comentários 0 Comentar

Comente este artigo

CAPTCHA
This question is for testing whether you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.
Incorrecto. Tente de novo.
Escreva as palavras que vê na imagem acima. Digite os números que ouviu.