Estudo associa Alergias ao desenvolvimento de Parkinson

Trabalho publicado na Neurology

07 dezembro 2006
  |  Partilhar:

 

As pessoas alérgicas aos ácaros e aos animais domésticos correm três vezes mais riscos de contrair a Doença de Parkinson, indica um estudo publicado pela revista especializada norte-americana Neurology.
 

 

Segundo investigadores da Mayo Clinic de Rochester, EUA, quem sofre de Rinite Alérgica, uma inflamação nasal causada pelo contacto com pó, ácaros ou escamas da pele de animais domésticos parece ter mais probabilidades de contrair aquela doença degenerativa.
 

 

O estudo, que se prolongou por 20 anos, centrou-se em 196 pacientes que contraíram Parkinson e num número semelhante de pessoas da mesma idade e género sem sintomas da doença. Segundo as conclusões dos investigadores, os pacientes com Parkinson que tinham sofrido anteriormente de Rinite Alérgica corriam 2,9 vezes mais riscos de desenvolver aquela doença do que os outros.
 

 

Não foi encontrada nenhuma ligação semelhante com outras doenças inflamatórias, como Lúpus ou a Artrite Reumatóide, embora isso possa dever-se, segundo os autores do estudo, ao número relativamente pequeno de pacientes com esses problemas na amostra em estudo.
 

 

Na perspectiva do neurologista James Brower, autor do trabalho, quem sofre de rinite alérgica "gera uma resposta imunológica às suas alergias e pode gerar também uma resposta imunológica no cérebro, o que produziria inflamação". Essa inflamação, explicou, "pode libertar certas substâncias químicas no cérebro e, inadvertidamente, matar neurónios, como acontece na doença de Parkinson".
 

 

Bower sublinhou ainda que o estudo não demonstra que as alergias sejam as causadoras da doença de Parkinson, mas simplesmente que existe uma associação, o que poderá ajudar os cientistas a desenvolver medicamentos que bloqueiem os processos inflamatórios.
 

 

Fontes: Lusa e Imprensa Internacional
 

MNI-Médicos Na Internet
 

 

Partilhar:
Ainda não foi classificado
Comentários 0 Comentar

Comente este artigo

CAPTCHA
This question is for testing whether you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.
Incorrecto. Tente de novo.
Escreva as palavras que vê na imagem acima. Digite os números que ouviu.