Estudo analisa tempo gasto na elaboração de Colonoscopias

Trabalho apresentado no “The New England Journal of Medicine”

22 janeiro 2008
  |  Partilhar:

 

Um estudo realizado nos EUA e conduzido por 12 experientes gastrenterologistas particulares descobriu que alguns especialistas em exames endoscópicos (endoscopia digestiva baixa) podiam ser até 10 vezes mais eficazes do que outros na detecção de pólipos.
 

 

Durante os exames, os gastrenterologistas apontavam o tempo que gastavam em cada exame e quantos pólipos encontravam.
 

 

Segundo o estudo, publicado no “The New England Journal of Medicine”, o factor que separava os médicos que encontraram muitos pólipos daqueles que descobriram poucos era a quantidade de tempo despendido a examinar o cólon. O estudo apontou para o facto de que se usassem todo o tempo necessário, encontrariam mais pólipos.
 

 

O trabalho, liderado por Robert L. Barclay, membro da Rockford Gastroenterology Associates in Rockford, Illinois, avaliou apenas médicos experientes, que tivessem efectuado mais de três mil colonoscopias.
 

 

No artigo publicado, os investigadores afirmam que as colonoscopias ajudam a prevenir o Cancro do Cólon, porém avisam que há uma necessidade urgente de controlar melhor a qualidade. E instigam os pacientes a exigir dados de proficiência ao seu médico.
 

 

ALERT Life Sciences Computing, S.A.
 

Partilhar:
Ainda não foi classificado
Comentários 0 Comentar

Comente este artigo

CAPTCHA
This question is for testing whether you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.
Incorrecto. Tente de novo.
Escreva as palavras que vê na imagem acima. Digite os números que ouviu.