Estudantes devem ter acesso facilitado a água de qualidade

Declarações do diretor-geral de Saúde

16 maio 2012
  |  Partilhar:

Todos os estudantes devem ter o acesso facilitado a água de qualidade nas escolas, para evitar que recorram a refrigerantes, de acordo com o diretor-geral de Saúde.

 

Francisco George explicou durante uma conferência, sobre “Importância dos Comportamentos em Saúde Pública” que uma lata pequena de refrigerante pode ter o equivalente a cinco cubos de açúcar, contribuindo para a obesidade. “É preciso voltar ao fornecimento de água nas escolas”, acrescentou.

 

Para o diretor-geral de Saúde a dificuldade, com que por vezes os alunos se deparam, no acesso a água de qualidade pode levá-los ao consumir refrigerantes. “Se a água estiver disponibilizada, naturalmente que não será preciso consumir o refrigerante, com ganhos para a saúde e para a bolsa”, disse à agência Lusa Francisco George.

 

O diretor-geral de Saúde informou que Direção-geral de Saúde está “a trabalhar no sentido de promover o consumo de água de qualidade”, assegurando quer a sua potabilidade, quer a sua frescura.

 

O responsável aludiu também à intenção de “transportar para as famílias os menus que têm sido ensaiados nas escolas do ensino básico”, no âmbito do Programa Nacional para a Promoção da Alimentação Saudável.

 

“Visa promover menus para a família, de equilíbrio, saudáveis em composição e nas calorias. Os menus estão adotados por muitas das escolas e é o conceito de menu escolar que pode ser alargado às famílias”, explicou aos jornalistas.

 

O objetivo é “promover alimentação equilibrada para todos os membros da família”.

 

ALERT Life Sciences Computing, S.A.

Partilhar:
Ainda não foi classificado
Comentários 0 Comentar

Comente este artigo

CAPTCHA
This question is for testing whether you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.
Incorrecto. Tente de novo.
Escreva as palavras que vê na imagem acima. Digite os números que ouviu.