Estimulação eléctrica no cérebro desperta paciente semiconsciente há seis anos

Trabalho publicado na “Nature”

19 setembro 2007
  |  Partilhar:

 

Um paciente de 38 anos, que há seis anos tinha sofrido um Traumatismo Crânio-Encefálico (TCE) grave e permanecia num "estado de consciência mínima", voltou a falar e comer graças a uma experiência de estimulação eléctrica do cérebro, de acordo com um estudo publicado na revista britânica “Nature”.
 

 

Um paciente em estado mínimo de consciência, que é diferente do coma ou do estado vegetativo persistente, pode mostrar sinais ocasionais de despertar ou de "comportamento organizado", mas continua "com um profundo deficit de consciência", especificaram os especialistas na “Nature”.
 

 

Antes do recurso à estimulação cerebral, a capacidade de comunicação do paciente era limitada a pequenos movimentos com os olhos ou os dedos. "Agora, ele faz uso regular das palavras, gestos e responde a perguntas rapidamente", disse o médico Joseph Giacino, do JFK Johnson Rehabilitation Institute.
 

 

A estimulação cerebral profunda, já usada em casos de Parkinson, consiste na colocação de eléctrodos numa zona precisa do cérebro, ligando-os a baterias inseridas no peito do paciente, semelhante a um estimulador cardíaco.
 

 

A melhoria na capacidade do paciente de se alimentar e de comunicar "esteve fortemente relacionada" aos períodos de estimulação cerebral, de acordo com o líder da investigação, Nicholas Schiff, do Weil Cornell Medical College (New York). Essas acções pareceram permanecer durante as fases de interrupção, o que é considerado "ainda mais encorajador", apesar de os investigadores ainda não saberem se o paciente vai continuar a melhorar.
 

 

O estudo, previsto para incluir 12 pacientes em estado mínimo de consciência, deve prosseguir. Para ser benéfico, as zonas do córtex cerebral devem estar preservadas.
 

 

ALERT Life Sciences Computing, S.A.
 

Partilhar:
Ainda não foi classificado
Comentários 0 Comentar

Comente este artigo

CAPTCHA
This question is for testing whether you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.
Incorrecto. Tente de novo.
Escreva as palavras que vê na imagem acima. Digite os números que ouviu.