Esteroides anabolizantes podem afetar memória

Estudo publicado no “The Open Psychiatry Journal”

10 julho 2015
  |  Partilhar:

Os indivíduos que utilizam esteroides anabolizantes para melhorar o desenvolvimento muscular e desempenho desportivo são suscetíveis a problemas de memória, defende um estudo publicado no “The Open Psychiatry Journal”.
 

Estima-se que 38% dos indivíduos que frequentam ginásios tomem esteroides. Neste estudo, os investigadores da Universidade de Northumbria, no Reino Unido, decidiram avaliar se a toma deste tipo de substâncias afetava a memória quotidiana.
 

O estudo contou com a participação de 100 homens entre os 18 e os 30 anos que frequentavam regularmente o ginásio. Metade dos participantes tomava esteroides.
 

O estudo apurou que os utilizadores de esteroides apresentavam défices mais significativos no funcionamento da memória prospetiva e retrospetiva bem como na função executiva mental do que os não utilizadores.
 

Os investigadores verificaram que os indivíduos que tomavam esteroides apresentavam índices 39% mais baixos de memória prospetiva – o processo de se lembrar de fazer algo planeado – , como lembrar de pagar uma conta antes da data limite ou tomar medicação num determinado momento.
 

Estes indivíduos eram também 28% mais propensos a esquecerem-se de memórias passadas ou factos anteriores, a chamada memória retrospetiva, tendo também demonstrado uma diferença de cerca de 32% na função executiva, comparativamente com aqueles que não tomavam esteroides. A função executiva engloba uma série de processos cognitivos que ajudam um indivíduo a prestar atenção, coordenar a informação e planear a execução de tarefas. Uma função executiva comprometida pode conduzir à confusão e mau planeamento, enquanto uma capacidade de memória prospetiva reduzida leva ao esquecimento.
 

“Em geral, os riscos de saúde a longo prazo associados à toma de esteroides já estão razoavelmente bem documentados, mas sabemos pouco sobre as possíveis consequências quotidianas”, revelou, em comunicado de imprensa, um dos autores do estudo, Tom Heffernan.
 

Na opinião do investigador os resultados sugerem que a utilização a longo prazo de esteroides anabólicos androgénicos tem um impacto significativo na memória e na capacidade de recordar. Isto pode afetar muitas áreas da vida, incluindo aspetos interpessoais, profissionais, educacionais e também os associados à saúde, dado que recordar algo está sempre presente no dia-a-dia.
 

ALERT Life Sciences Computing, S.A.

Partilhar:
Ainda não foi classificado
Comentários 0 Comentar

Comente este artigo

CAPTCHA
This question is for testing whether you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.
Incorrecto. Tente de novo.
Escreva as palavras que vê na imagem acima. Digite os números que ouviu.