Estatinas baixaram colesterol nos norte-americanos idosos

Estudos do Journal of the American Heart Assocation

25 outubro 2005
  |  Partilhar:

 

Apesar do aumento da obesidade nos Estados Unidos, os níveis de colesterol dos norte- americanos idosos baixaram significativamente nos últimos 40 anos, sobretudo graças ao aparecimento de medicamentos com estatinas no final dos anos 1980, segundo um estudo governamental divulgado na semana passada no Journal of the American Heart Association.
 

 

Entre 1960 e 2002, os níveis médios totais de colesterol dos homens e mulheres com idades entre 20 e 74 anos baixou de 222 miligramas por decilitro de sangue para 203, sobretudo devido a quebras nos indivíduos com 50 anos ou mais.
 

 

Entre os norte-americanos com 60 a 74 anos, os níveis médios baixaram de 232 para 204 nos homens (uma descida de 12 por cento) e de 263 para 223 nas mulheres (15 por cento). Além disso, na década final do estudo, a percentagem de adultos com colesterol elevado (pelo menos 240 miligramas) baixou de 20 para 17 por cento, cerca de oito anos mais cedo do que o objectivo do Governo de chegar a 17 por cento em 2010.
 

 

Simultaneamente, o número de norte-americanos que tomam medicamentos para baixar o colesterol, na sua maioria estatinas, passou de 3,4 para 9,3 por cento, com taxas mais altas nos pacientes mais idosos.
 

 

Fonte: Lusa
 

MNI-Médicos Na Internet
 

Partilhar:
Ainda não foi classificado
Comentários 0 Comentar

Comente este artigo

CAPTCHA
This question is for testing whether you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.
Incorrecto. Tente de novo.
Escreva as palavras que vê na imagem acima. Digite os números que ouviu.