Estatinas aumentam o risco de diabetes em indivíduos suscetíveis

Estudo publicado na revista “BMJ Open Diabetes Research and Care”

26 outubro 2017
  |  Partilhar:
Um novo estudo sobre a relação entre o uso de estatinas e a diabetes indicou que as pessoas com suscetibilidade para a doença devem tomar precauções se tomarem aqueles fármacos.
 
O estudo conduzido por uma equipa de investigadores de várias instituições norte-americanas, apurou um aumento de 30% no risco de os indivíduos em risco desenvolverem diabetes com o uso das estatinas.
 
Para o estudo, os investigadores contaram com dados do Estudo de Resultados do Programa de Prevenção da Diabetes dos EUA (“U.S. Diabetes Prevention Program Outcomes Study”, no seu original em inglês). Este estudo consistiu num ensaio clínico de longo termo que seguiu indivíduos obesos que se encontravam, por conseguinte, em maior risco de desenvolverem diabetes de tipo 2.
 
Os níveis de tensão arterial e lípidos no sangue dos 3.234 participantes no estudo foram medidos anualmente. Os índices de glicose no sangue foram medidos semestralmente. Paralelamente, foi registado o uso de estatinas pelos participantes.
 
No início do ensaio clínico, apenas 4% dos participantes tomavam estatinas. No entanto, 10 anos mais tarde foi verificado que o consumo daqueles fármacos tinha aumentado para cerca de 33%. A maioria dos participantes encontrava-se a tomar sinvastatina ou atorvastatina. 
 
Embora a possibilidade de prescrição de estatinas aumentasse na sequência de um diagnóstico de diabetes, o uso de estatinas foi também associado, de forma significativa, a um aumento no risco de se receber um diagnóstico de diabetes. 
 
De forma geral, comparando com quem não tomava estatinas, os participantes que tomavam aquele fármaco apresentavam um aumento de 36% no risco de desenvolverem diabetes de tipo 2.
 
Embora os participantes que tinham recebido uma prescrição de estatinas apresentassem níveis superiores de glicose no início do estudo, esta diferença não foi suficiente para contar para uma maior incidência de diabetes.
 
Although participants who were prescribed statins had higher glucose levels at baseline, this difference was not enough to account for the higher rates of diabetes.
 
Apesar de este estudo apresentar limitações, os autores ressalvam que as conclusões são semelhantes às de outros estudos dentro do mesmo tema.
 
ALERT Life Sciences Computing, S.A. 
Partilhar:
Ainda não foi classificado
Comentários 0 Comentar