Estar ligeiramente acima do peso relacionado a maior longevidade

Estudo publicado no JAMA

19 dezembro 2007
  |  Partilhar:

Um estudo norte-americano publicado na revista médica "Journal of the American Medical Association" (JAMA) refere que um ligeiro excesso de peso está associado a uma maior longevidade, em comparação com as pessoas que se encontram dentro do peso.
 

 

O estudo vai contra praticamente todas as recomendações médicas difundidas de que o excesso de peso traria malefícios à saúde. Segundo o estudo, apesar do peso extra ainda ser um factor de risco para o aparecimento de Diabetes e Doenças Renais, por outro lado, poderia servir de protecção contra alguns tumores e doenças do coração.
 

 

O mais surpreendente da pesquisa foi a descoberta de que as pessoas um pouco acima do peso (IMC de 25 a 30) apresentavam um índice de mortalidade mais baixo quando comparadas a obesos, magros e a pessoas dentro do peso normal.
 

 

O estudo é o resultado de dados recolhidos durante décadas pelo Centers for Disease Control and Prevention de Atlanta, Geórgia. A análise dos dados sobre a mortalidade vão até 2004 e inclui 2,3 milhões de adultos norte-americanos. A análise revelou cerca de 100 mil mortes a menos do que o esperado em pessoas ligeiramente acima do peso. Na verdade, essas pessoas parecem correr um risco 40% menor de morrer de Enfisema, Pneumonia, Alzheimer, infecções e ferimentos do que os norte-americanos com peso normal.
 

 

Os quilos a mais parecem favorecer a resistência do organismo e facilitar a sua recuperação de cirurgias, ferimentos e infecções. Mas o efeito protector termina quando o Índice de Massa Corporal (representado pelo peso da pessoa em quilos dividido pela altura em metros, elevada ao quadrado) passa de 30, ou seja, entra no patamar de Obesidade.
 

 

ALERT Life Sciences Computing, S.A.

Partilhar:
Ainda não foi classificado
Comentários 0 Comentar

Comente este artigo

CAPTCHA
This question is for testing whether you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.
Incorrecto. Tente de novo.
Escreva as palavras que vê na imagem acima. Digite os números que ouviu.