Estamos cada vez mais altos e inteligentes

Estudo publicado no jornal “Nature”

23 julho 2015
  |  Partilhar:

Um estudo avaliou populações de todo o mundo e concluiu que estamos a ficar cada vez mais altos e com competências mentais mais apuradas, dá conta um estudo publicado na revista “Nature”.
 

Cerca de 100 estudos foram realizados por todo o mundo que incluíram dados de cerca de 350 mil pessoas de comunidades rurais e citadinas.
 

Aparentemente, os filhos de pessoas com uma genética mais diversificada têm tendência a ser mais altos e inteligentes do que as gerações anteriores. A genética diversificada não mostrou, no entanto, ter influência noutro tipo de fatores como a pressão arterial ou os níveis de colesterol, que contribuem para o desenvolvimento de doença cardíaca, diabetes ou outras condições.
 

Ao que parece a evolução está a favorecer as pessoas mais altas e com capacidades cognitivas mais desenvolvidas.
 

Estudos como este “mostram o potencial da análise genética de larga escala em revelar informação fundamental sobre a história da nossa evolução”, explica Jim Wilson, da Universidade de Edimburgo.
 

Peter Joshi, da mesma universidade, mostra entusiasmo pelo facto de a investigação da sua equipa responder a questões que já foram colocadas por Darwin acerca dos benefícios da diversidade genética e realça que o próximo passo será debruçarem-se sobre “as partes específicas do genoma que mais beneficiam da diversidade”.
 

ALERT Life Sciences Computing, S.A.

Partilhar:
Ainda não foi classificado
Comentários 0 Comentar

Comente este artigo

CAPTCHA
This question is for testing whether you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.
Incorrecto. Tente de novo.
Escreva as palavras que vê na imagem acima. Digite os números que ouviu.