Estados Unidos estudam utilização de insulina inalável

FDA teme efeitos secundários a longo prazo

12 setembro 2005
  |  Partilhar:

 

 

Um comité consultivo do Governo norte- americano está a analisar as consequências da utilização de insulina inalada, criada para ajudar milhões de pessoas com diabetes que controlam o açúcar no sangue através de injecções.
 

 

As principais preocupações deste método de administrar insulina prendem-se com os seus efeitos a longo prazo nos pulmões, bem como a sua eficácia e segurança em fumadores ou portadores de doenças pulmonares, segundo a entidade norte-americana que regula os medicamentos (Food and Drug Administration FDA).
 

 

A insulina inalável poderá ser utilizada para controlar os níveis de açúcar para pessoas de ambos dos tipos que necessitem de administrar injecções antes das refeições. Contudo, não substitui as injecções de insulina de longa- duração que doentes com Tipo 1 que precisam de as administrar de manhã e à noite.
 

 

Fonte: Lusa
 

MNI- Médicos Na Internet
 

Partilhar:
Ainda não foi classificado
Comentários 0 Comentar

Comente este artigo

CAPTCHA
This question is for testing whether you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.
Incorrecto. Tente de novo.
Escreva as palavras que vê na imagem acima. Digite os números que ouviu.