Estado não autoriza distribuição de vacinas grátis contra a meningite C
30 novembro 2001
  |  Partilhar:

A Direcção-Geral de Saúde (DGS) não autoriza a distribuição gratuita nos centros de saúde das 350 mil vacinas contra a meningite C proposta pela associação Amuras. A DGS divulgou hoje que não autoriza as Administrações Regionais de Saúde a distribuir as vacinas, com base num parecer jurídico desfavorável do Instituto Nacional da Farmácia e do Medicamento (Infarmed).
 

 

Segundo o Público.pt, o Alto Comissário da Saúde, José Pereira Miguel, refere que a utilização universal de uma vacina implica "uma avaliação ponderada dos seus benefícios, riscos e custos". Essa avaliação está a decorrer, sob a alçada da Comissão Técnica de Vacinação, após a qual a DGS emitirá parecer quanto à sua eventual inclusão no Plano Nacional de Vacinação.
 

 

As doses, suficientes para a inoculação de 200 mil crianças, foram oferecidas à associação - lançada esta semana - por dois laboratórios para que se procedesse a uma campanha de vacinação contra a meningite C e outras septicemias, visto que esta vacina não faz parte do Plano Nacional de Vacinação.
 

 

A Amuras - Associação Meningites, liderada pelo pediatra Mário Cordeiro, argumenta que o preço elevado da vacina contra o meningococo C e o facto de não estar incluída no Plano Nacional de Vacinação inviabiliza a sua generalização.
 

 

Fonte: Público
 

Partilhar:
Ainda não foi classificado
Comentários 0 Comentar

Comente este artigo

CAPTCHA
This question is for testing whether you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.
Incorrecto. Tente de novo.
Escreva as palavras que vê na imagem acima. Digite os números que ouviu.