Estado e utentes gastaram menos 100 milhões de euros em medicamentos
18 janeiro 2004
  |  Partilhar:

O Estado gastou o ano passado menos 75 milhões de euros nas comparticipações com medicamentos e os utentes menos 25 milhões de euros, devido aos genéricos e aos preços de referência, revelou na quinta-feira o Diário de Notícias.Segundo o jornal, a redução das despesas do Estado, com os medicamentos vendidos em ambulatório, e dos utentes atingiu um total de 100 milhões de euros. A taxa de crescimento das vendas de medicamentos também desacelerou em relação aos anos anteriores, sendo que em 2003 as vendas totais de fármacos registaram um aumento de apenas 4,8%, até ao mês de Novembro.De acordo com o secretário de Estado da Saúde, Carlos Martins, em declarações ao jornal, estas descidas «são um marco histórico» e devem-se fundamentalmente ao incentivo aos medicamentos genéricos e ao modelo de comparticipação por preços de referência.Fonte: Lusa

Partilhar:
Ainda não foi classificado
Comentários 0 Comentar

Comente este artigo

CAPTCHA
This question is for testing whether you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.
Incorrecto. Tente de novo.
Escreva as palavras que vê na imagem acima. Digite os números que ouviu.