Estado deixou de comparticipar 390 medicamentos
18 julho 2003
  |  Partilhar:

O Estado deixou nos últimos três anos de comparticipar 390 medicamentos, no âmbito de uma acção de reavaliação que terminou este mês, indicou sexta-feira o Infarmed.
 

Estes 390 medicamentos correspondem a 70 por cento das 536 marcas comerciais de medicamentos sujeitas à reavaliação da comparticipação do Estado.
 

 

Este primeiro processo de reavaliação dos medicamentos pagos parcialmente pelo Estado agora concluído começou ainda na vigência do Governo socialista.
 

 

O objectivo desta reavaliação foi, segundo fonte do Instituto Nacional da Farmácia e do medicamento (Infarmed), «analisar se os medicamentos em causa verificavam níveis de evidência científica suficientemente robustos que suportassem a sua manutenção na lista de medicamentos comparticipados».
 

 

Foi feita a reavaliação de 353 substâncias activas, incidindo sobre 536 marcas comerciais, num total de 1.034 apresentações. Nesta acção foram abrangidas 142 empresas nacionais e estrangeiras.
 

 

Fonte: Lusa
 

Partilhar:
Ainda não foi classificado
Comentários 0 Comentar

Comente este artigo

CAPTCHA
This question is for testing whether you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.
Incorrecto. Tente de novo.
Escreva as palavras que vê na imagem acima. Digite os números que ouviu.