Estado da “Medicina de Catástrofe” em Portugal

Congresso reuniu especialistas em Lisboa

30 outubro 2006
  |  Partilhar:

 

O Congresso de Medicina de Catástrofe, organizado pela Faculdade de Medicina, da Universidade Clássica de Lisboa, reuniu, na semana passada, especialistas nacionais e estrangeiros para discutirem a situação em Portugal, promovendo a troca de ideias e informação entre profissionais de várias especialidades.
 

 

"Em Portugal, a Medicina de Catástrofe não é muito falada, havendo muito para fazer", afirmou Ângela Garcia Alves, membro da Comissão Científica do Congresso, acrescentando que esta iniciativa visa "colmatar uma lacuna existente na Medicina portuguesa".
 

A Medicina de Catástrofe é um "novo ramo da Medicina", surgido da conclusão de que "a Medicina de Catástrofe não tem as mesmas características da Medicina de Urgência, nomeadamente ao nível ético e na forma de actuar", explicou a especialista.
 

 

O ensino, as organizações pré-hospitalares e hospitalares e a Medicina Legal, são algumas das áreas abarcadas por este ramo da Medicina, que procura "solucionar situações complexas de catástrofe".
 

 

O congresso também procurou analisar o ensino e o treino da Medicina de Catástrofe. Para tal, tiveram lugar o curso de "Educação e treino em Medicina de Catástrofe", que incluiu um exercício de simulação e o curso "Riceland: Simulação para preparação de hospitais em situações de catástrofe", com o objectivo de explicar como funciona um plano de emergência hospitalar, de forma a dar resposta a um afluxo maciço de vítimas ao hospital.
 

 

"Educação e treino em Medicina de Catástrofe", "Ensino Interactivo", "Intervenção em Catástrofe" e "Meio de resposta à Catástrofe", foram alguns dos temas em debate.
 

 

MNI-Médicos Na Internet
 

Partilhar:
Ainda não foi classificado
Comentários 0 Comentar

Comente este artigo

CAPTCHA
This question is for testing whether you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.
Incorrecto. Tente de novo.
Escreva as palavras que vê na imagem acima. Digite os números que ouviu.