Está em estudo a terapia genética para a doença de Parkinson

Pode passar um ano até que sejam visíveis efeitos do estudo

18 agosto 2003
  |  Partilhar:

 

Nathan Klein, 55 anos, sofre de Parkinson. Este paciente foi o primeiro de 12 voluntários a ser sujeito a uma cirurgia que consistiu na introdução de milhares de milhões de cópias de um gene no seu cérebro. Esta foi a primeira tentativa de testar a terapia genética em alguém com essa doença.
 

 

Para Michael Kaplitt, do Weill Cornell Medical College, “o grande objectivo é provar que é seguro antes de avançarmos”. Neste sentido, a investigação está centrada mais na segurança do procedimento do que no eventual alívio dos sintomas.
 

 

Após 4 horas da operação, Nathan Klein afirmou estar bem. Segundo noticia hoje a LUSA, Michael Kaplitt adiantou que antes de dois meses não são de esperar quaisquer efeitos da operação e que com 12 participantes, um por mês, poderá passar um ano antes que seja visíveis efeitos do estudo a nível geral.
 

 

Enquanto a investigação decorre os portadores da doença Parkinson terão que esperar por melhores dias.
 

Fonte: Lusa
 

 

Adriana José Oliveira
 

MNI – Médicos Na Internet

Partilhar:
Ainda não foi classificado
Comentários 0 Comentar

Comente este artigo

CAPTCHA
This question is for testing whether you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.
Incorrecto. Tente de novo.
Escreva as palavras que vê na imagem acima. Digite os números que ouviu.