Esquizofrenia é doença com maior prevalência em Portugal

Declarações do psiquiatra António Pacheco Palha

08 maio 2006
  |  Partilhar:

 

A esquizofrenia é uma das doenças com maior prevalência em Portugal, afectando 60 mil a 100 mil pessoas, considerou o professor universitário de Psiquiatria António Pacheco Palha, durante o 3º Colóquio de Internacional de Esquizofrenia do Porto.
 

 

"A prevalência da esquizofrenia em Portugal está estimada entre 0,6 e um por cento. É uma das doenças com maior prevalência no país", referiu Pacheco Palha, presidente do 3º Colóquio de Internacional de Esquizofrenia do Porto, que se realizou na semana passada.
 

 

O especialista disse que "nos últimos 20 anos surgiram novos medicamentos e novas técnicas" que minoraram os efeitos negativos da esquizofrenia, mas ainda há muitos problemas associados à doença.
 

 

O responsável pelo Departamento de Psiquiatria da Faculdade de Medicina do Porto ainda destacou a importância de o diagnóstico da esquizofrenia ser feito o mais cedo possível, dado a progressão da doença sem tratamento levar a uma "degradação completa do doente".
 

 

Pacheco Palha alertou para a necessidade de combater o grande estigma social que acompanha os esquizofrénicos "há séculos", dado que muitos doentes tratados conseguem ter uma vida perfeitamente normal.
 

 

Fontes: Lusa
 

MNI- Médicos na Internet
 

Partilhar:
Classificações: 1 Média: 1
Comentários 0 Comentar

Comente este artigo

CAPTCHA
This question is for testing whether you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.
Incorrecto. Tente de novo.
Escreva as palavras que vê na imagem acima. Digite os números que ouviu.