Especialistas concordam que adoçantes sem calorias podem ser alternativa a açúcares

Opinião de 60 especialistas

03 agosto 2018
  |  Partilhar:
Adoçantes com poucas ou nenhumas calorias podem ser uma alternativa segura aos produtos com açúcar e até contribuir modestamente para controlar a glicemia, concordam mais de 60 investigadores num artigo científico.
 
Segundo apurou a agência Lusa, as conclusões saíram de um encontro internacional realizado no ano passado em Lisboa, em que especialistas confirmaram a segurança deste tipo de adoçantes.
 
Os especialistas concordaram igualmente que os adoçantes podem ser usados em "programas de controlo da diabetes e contribuir para um melhor controlo glicémico nos doentes, embora com resultados modestos", lê-se nas conclusões do artigo.
 
"Alimentos e bebidas com adoçantes com poucas ou sem calorias poderiam ser incluídos nas linhas orientadoras das opções alternativas aos produtos com açúcares simples", acrescentam.
 
O pediatra Sérgio Velho de Sousa, do Centro Hospitalar e Universitário de Coimbra, ressalvou que os açúcares nos alimentos têm "outras funções para além da adição do sabor doce" e que nem sempre se pode "eliminá-los ou substituí-los totalmente sem afetar a sua qualidade e estabilidade".
 
O investigador defende "um diálogo com os fabricantes de alimentos e bebidas" pela necessidade de reduzir "o consumo de açúcares adicionados" ou até substituí-los total ou parcialmente "pelos adoçantes sem ou de baixas calorias".
 
O tamanho das porções também deveria ser reduzido, defendeu.
 
Os especialistas que subscrevem o consenso defendem ainda que os consumidores devem ter um "acesso fácil a informação rigorosa e de qualidade, transparente e de fácil compreensão" para este e outros aspetos da nutrição.
 
ALERT Life Sciences Computing, S.A.
Partilhar:
Comentários 0 Comentar