Especialista defende a importância de criar moda de dar de mamar

Leite materno não tem só vantagens para o bebé

08 agosto 2010
  |  Partilhar:

O aleitamento materno não tem só vantagens para o bebé, a mãe também beneficia desta prática, que deveria tornar-se moda, segundo especialista em saúde materna e infantil do Hospital de Braga.

 

Em declarações à agência Lusa, a enfermeira Fátima Monteiro, do Serviço de Obstetrícia do Hospital de Braga, revelou que “temos que criar ou pelo menos revitalizar a cultura de que amamentar é fisiológico e é bom quer para a mãe quer para o bebé. É importante criar um bocadinho a moda de dar de mamar e a nossa população precisa de perceber que a amamentação é boa e que importa valorizá-la”.

 

Para a enfermeira “há necessidade de revitalizar e informar a população das vantagens que o aleitamento materno tem” a fim de promover o prolongamento da amamentação, que, “infelizmente, ainda fica aquém daquilo que Organização Mundial de Saúde (OMS) e UNICEF preconizam”.

 

A OMS recomenda o aleitamento materno exclusivo até aos seis meses de vida e a sua manutenção, com alimentos complementares, pelo menos, até ao segundo ano de vida.

 

“Infelizmente, ainda não é assim na nossa população. Grande parte das mães desiste muito facilmente de amamentar, infelizmente. Muitas desistem no primeiro mês, que é o mês mais crítico e de adaptação e, antes do primeiro ano, a grande maioria das mulheres faz o desmame”, salientou Fátima Monteiro.

 

As mães não estão muitas das vezes “preparadas para a dor, mal-estar e trauma próprio” da amamentação e também não percebem “quais são as grandes vantagens que tem o leite materno, não só para o seu filho mas também para elas próprias”, acrescentou.

 

Para a mãe, e além do vínculo afectivo que se promove com a amamentação, os benefícios passam pela redução da incidência do cancro do útero, mama e ovário, redução da incidência da osteoporose, podendo mesmo “funcionar como uma pílula, como um factor que impede uma nova gravidez, desde que correctamente efectuada”, explicou a enfermeira.

 

ALERT Life Sciences Computing, S.A

Partilhar:
Classificações: 1 Média: 3
Comentários 0 Comentar

Comente este artigo

CAPTCHA
This question is for testing whether you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.
Incorrecto. Tente de novo.
Escreva as palavras que vê na imagem acima. Digite os números que ouviu.