Esclerose múltipla: o que a une a outras doenças neurodegenerativas?

Estudo publicado na revista “Frontiers in Neurology”

05 dezembro 2014
  |  Partilhar:

Uma equipa internacional de investigadores identificou uma proteína priónica de conformação alterada que está envolvida na esclerose múltipla e que ataca o sistema nervoso central, dá conta um estudo publicado na revista “Frontiers in Neurology”.
 

Os investigadores liderados pela Universidade de Surrey, no Reino Unido, acreditam que estes achados podem ajudar a compreender melhor a esclerose múltipla e encontrar novos tratamentos contra as doenças neurodegenerativas.
 

Os investigadores já tinham previamente descoberto que as proteínas priónicas de conformação alterada causavam danos noutras doenças cerebrais, como doença de Alzheimer, doença de Parkinson e de Creutzfeldt-Jakob.
 

Neste estudo, os investigadores produziram anticorpos capazes de combater este tipo de proteínas. Descobriu-se que estes anticorpos eram capazes de reconhecer as proteínas priónicas de conformação alterada presentes na doença de Creutzfeldt-Jakob, assim como outras moléculas associadas a outras doenças neurodegenerativas.
 

Posteriormente, os anticorpos foram utilizados para investigar se este tipo de proteína estava presente no tecido cerebral e no líquido cefalorraquidiano dos pacientes com esclerose múltipla. Os investigadores concluíram que esta doença neurodegenerativa poderia ser causada por uma proteína que adotava permanentemente este tipo de conformação aberrante.
 

“A esclerose múltipla representa um problema de saúde substancial, afetando a qualidade de vida de muitas pessoas”, revelou, em comunicado de imprensa, um dos autores do estudo, Mourad Tayebi.
 

De acordo com os autores do estudo, estes achados propõem uma forma nova e alternativa de conduzir as investigações em torno da esclerose múltipla, ao identificar pela primeira vez uma associação clara com outras doenças neurodegenerativas. “Estes resultados são importantes na redefinição molecular e celular destas doenças e fornecem um marco importante na busca de uma análise laboratorial e de uma cura eficazes”, conclui o investigador.
 

ALERT Life Sciences Computing, S.A.

Partilhar:
Ainda não foi classificado
Comentários 0 Comentar

Comente este artigo

CAPTCHA
This question is for testing whether you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.
Incorrecto. Tente de novo.
Escreva as palavras que vê na imagem acima. Digite os números que ouviu.