Erradicação do Sarampo na Europa pode estar comprometida

Estudo publicado no “The Lancet”

19 janeiro 2009
  |  Partilhar:

O sarampo continua a ser um problema de saúde pública na Europa e há grandes dúvidas de que possa ser erradicado até 2010, segundo um estudo publicado na revista “The Lancet”.
 

 

O estudo, liderado por Mark Muscat, do Statens Serum Institut, Copenhaga, revelou que houve 12000 casos de sarampo entre 2006 e 2007 em 32 países europeus, dos quais 85% aconteceram nestes cinco países: Roménia, Alemanha, Grã-Bretanha, Suíça e Itália.
 

 

A maior parte dos casos ocorreu em crianças sem vacinação ou parcialmente vacinadas. Apenas um em cada cinco casos diz respeito a pessoas com idade igual ou superior a 20 anos.
 

Nos dois anos em que decorreu o estudo foram ainda registadas sete mortes relacionadas com esta doença.
 

 

O estudo sugere que a erradicação do sarampo na Europa só será conseguida se houver uma óptima cobertura de vacinação e um aumento da vigilância.
 

 

ALERT Life Sciences Computing, S.A.
 

Partilhar:
Ainda não foi classificado
Comentários 0 Comentar

Comente este artigo

CAPTCHA
This question is for testing whether you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.
Incorrecto. Tente de novo.
Escreva as palavras que vê na imagem acima. Digite os números que ouviu.