Equipas de emergência médica intra-hospitalar poderão ser criadas

Resposta a doentes traumatizados também está a ser trabalhada

30 junho 2010
  |  Partilhar:

A constituição de equipas de emergência médica intra-hospitalar poderá ser uma medida adoptada pelos hospitais públicos, revela o responsável pelo Departamento de Qualidade da Direcção-Geral de Saúde.

 

Miguel Soares de Oliveira, chefe de Divisão da Qualidade Clínica e Organizacional, referiu que uma das medidas em desenvolvimento nesta área refere-se à criação de equipas "similares às que existem no INEM para a rua", mas que actuem dentro dos hospitais. Desta forma, "o doente internado não corre o risco de ter um atendimento menos bom se tiver um agravamento do seu estado", explicou.

 

Para enfrentar este tipo de situações, os hospitais devem ter material de reanimação, fármacos de emergência, mas também profissionais de saúde. "Em caso de agudização do seu estado de saúde, o doente tem de ter resposta adequada", acrescentou Miguel Soares de Oliveira.

 

A Divisão de Qualidade Clínica e Organizacional está também a trabalhar na adopção de uma resposta hospitalar a doentes gravemente traumatizados, de modo a que sejam "rapidamente identificados" e assistidos. O objectivo é "organizar a cadeia de resposta na primeira hora" após a chegada ao hospital.

 

ALERT Life Sciences Computing, S.A

Partilhar:
Ainda não foi classificado
Comentários 0 Comentar

Comente este artigo

CAPTCHA
This question is for testing whether you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.
Incorrecto. Tente de novo.
Escreva as palavras que vê na imagem acima. Digite os números que ouviu.