Época de gripe

Doença atinge quatro mil portugueses

06 janeiro 2003
  |  Partilhar:

A gripe, que desde o mês de Dezembro atinge o nosso País, deverá continuar nas próximas semanas, de acordo com os dados revelados pela Direcção Geral de Saúde. A taxa de incidência do síndroma gripal durante o mês de Dezembro oscilou num valor entre os 20 e os 40 casos por cada 100 000 habitantes.
 

 

Um valor ligeiramente superior à média obtida nos últimos dez anos em período homólogo, mas que, apesar disso, «não é alarmante», segundo disse ao Correio da Manhã, Helena Andrade, directora do Centro Nacional da Gripe.
 

 

Conselhos
 

 

Segundo Mário Jorge, presidente da Associação de Médicos de Saúde Pública, para evitar o contágio da doença deve-se «evitar a presença em locais fechados, húmidos e frequentados por muitas pessoas». O mesmo responsável sublinha ainda que a gripe transmite-se facilmente através de perdigotos e que a chuva, comum ao Inverno, obriga as pessoas a conviverem em locais fechados mais tempo, factor propício à propagação da doença.
 

 

Os vírus influenza associados aos casos notificados este ano são predominantemente do tipo B e a sua caracterização antigénica e genética confirma a semelhança com a estirpe vacinal (B/HongKong/330/2001), divulga o Centro Nacional da Gripe, organismo público que analisa os dados semanais recolhidos através da rede «Médicos Sentinela» e dos Serviços de Urgência de alguns hospitais e centros de atendimento permanente dos centros de saúde.
 

 

Com o objectivo de diminuir o risco de contágio desta doença infecciosa, a Direcção-Geral de Saúde decidiu decidiu colocar operacional o horário de crise do «Projecto Linha Gripe». Este é um serviço telefónico, em que, por o preço de uma chamada local, uma equipa de enfermeiros presta aconselhamento clínico ao doente. No ano passado, só nos últimos quinze dias de Janeiro foram atendidas 21 mil chamadas e no mês de Fevereiro 19 mil. Por sua vez, o endereço da internet (www.linhagripe.net) foi visitado por 129 mil em Janeiro e 156 mil no mês seguinte.
 

 

Fonte: Correio da Manhã
 

Partilhar:
Ainda não foi classificado
Comentários 0 Comentar

Comente este artigo

CAPTCHA
This question is for testing whether you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.
Incorrecto. Tente de novo.
Escreva as palavras que vê na imagem acima. Digite os números que ouviu.