Epidural protege músculos pélvicos durante o parto

Estudo publicado no “British Journal of Obstetrics and Gynaecology”

29 setembro 2010
  |  Partilhar:

A utilização de anestesia epidural durante o parto pode ajudar a reduzir o efeito da dilatação do músculo elevador do ânus, que mantém a força do soalho pélvico e que, se for danificado, pode levar ao prolapso genital (deslocamento do útero e da bexiga). Este é uma das causas mais comuns de incontinência urinária feminina, de acordo com os resultados de um estudo da Clinical School of Medicine, em Sidney, Austrália, publicados no “British Journal of Obstetrics and Gynaecology”.

 

O prolapso genital define-se como o deslocamento inferior dos órgãos pélvicos (útero e bexiga) da sua posição normal, podendo ter consequências como incontinência urinária e fecal ou problemas sexuais.

 

O estudo teve por base a análise de 488 mulheres que tiveram o primeiro filho entre Maio de 2005 e Fevereiro de 2008. O objectivo era determinar se existiam outros factores de risco durante o parto que causassem algum trauma muscular no soalho pélvico (macrotrauma ou microtrauma).Todas as participantes tinham mais de 18 anos e deram à luz entre as 34 e 36 semanas de gestação. Para avaliar o seu progresso, foram submetidas a ecografia após o nascimento e três ou quatro meses após o parto.

 

As participantes que foram submetidas a cesariana não apresentaram danos nestes músculos. Contudo, os investigadores verificaram distensões no músculo elevador em 13% das mulheres que tiveram parto vaginal (foram utilizadas ventosas em 9% e fórceps em 35%). Verificou-se então que a aplicação de fórceps multiplicava entre três a quatro vezes as probabilidades de uma distensão muscular no soalho pélvico.

 

Nos cuidados pós-parto foi evidente que a maioria dos problemas estava relacionada com microtraumas e que as mulheres que receberam anestesia epidural tiveram uma incidência significativamente inferior deste problema, dado que a anestesia relaxa os músculos e impede a paralisia, protegendo a mulher das lesões.

 

ALERT Life Sciences Computing, S.A.

Partilhar:
Ainda não foi classificado
Comentários 0 Comentar

Comente este artigo

CAPTCHA
This question is for testing whether you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.
Incorrecto. Tente de novo.
Escreva as palavras que vê na imagem acima. Digite os números que ouviu.