Epidemia de escarlatina em Hong Kong

Autoridades sanitárias alertam para a situação

24 junho 2011
  |  Partilhar:

Hong Kong declarou estar sob uma epidemia de escarlatina, tendo registado 419 casos desde o início do ano, três vezes mais do que em igual período de 2010, anunciaram as autoridades sanitárias da antiga colónia britânica, citadas pela agência Lusa.

 

De acordo com a investigação aos casos, a epidemia poderá estar relacionada com a descoberta de um novo surto mortal da doença, apontou o porta-voz do Centro de Protecção Sanitária de Hong Kong, explicando que este é mais resistente aos antibióticos, tornando-a uma doença “invulgarmente contagiosa”.

 

O anúncio surge depois da morte de uma criança de sete anos, vítima de escarlatina, no final do mês de Maio. Hong Kong está particularmente atento às epidemias, dado que a antiga colónia britânica foi dos primeiros territórios a registar a epidemia da gripe das aves em 1997, com a morte de seis pessoas.

 

A escarlatina é uma doença contagiosa, comum nas crianças mas bastante rara entre adultos, que se caracteriza por febre e marcas vermelhas no corpo, e que se cura através de tratamento com antibióticos. Os médicos recomendam habitualmente o repouso absoluto e o isolamento das crianças doentes durante 15 dias.

 

ALERT Life Sciences Computing, S.A.

Partilhar:
Ainda não foi classificado
Comentários 1 Comentar