Enxaqueca em homens pode aumentar risco de Enfarte do Miocárdio

Trabalho apresentado no "Archives of Internal Medicine”

25 abril 2007
  |  Partilhar:

 

Homens que sofrem com frequência de Enxaqueca podem correr um maior risco de apresentar Doenças Cardiovasculares e, especialmente, Enfarte do Miocárdio, segundo um artigo da Harvard University, EUA, publicado na revista "Archives of Internal Medicine.
 

 

A equipa liderada por Tobias Kurth, da Escola de Medicina da universidade, estudou casos clínicos de 20.084 homens, com idades entre 40 a 84 anos, sem uma história anterior da Doença Cardíaca. Desde a data em que o estudo teve início, entre 1981 e 1984, até 2005, foram enviados aos homens inúmeros questionários sobre seu estado de saúde cardiovascular.
 

 

Foram analisadas doenças como AVC, Enfarte do Miocárdio ou morte por Doença Cardiovascular. Também foram objecto de avaliação a Angioplastia, implantação de ponte coronária (bypass) e angina de peito. Mesmo assim, os médicos classificaram como afectados por Enxaquecas aqueles que sofreram sintomas apenas nos cinco primeiros anos.
 

 

Cerca de 7% dos participantes afirmaram ter tido a doença. "Se compararmos os homens que não sofreram de Enxaqueca com aqueles que afirmaram ter tido os sintomas dessa doença, verificamos que o segundo grupo apresentou um risco significativamente mais alto de Doença Cardiovascular e Enfarte do Miocárdio", evidenciaram os autores.
 

 

A maior incidência da Doença Cardiovascular para cada 10 mil homens por ano foi de 8,5 para aqueles que não sofreram Enxaquecas e de 10,4 para aqueles que tiveram a doença.
 

 

MNI- Médicos na Internet

Partilhar:
Ainda não foi classificado
Comentários 0 Comentar

Comente este artigo

CAPTCHA
This question is for testing whether you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.
Incorrecto. Tente de novo.
Escreva as palavras que vê na imagem acima. Digite os números que ouviu.