Enxaqueca com aura pode causar lesões cerebrais

Estudo publicado no "Journal of the American Medical Association"

28 junho 2009
  |  Partilhar:

As mulheres que sofrem de enxaquecas com aura têm um risco aumentado de desenvolverem lesões cerebrais, revelou um estudo publicado no “Journal of the American Medical Association”.

 

A enxaqueca é uma doença neurológica comum, que afecta um em cada 10 adultos. Vários estudos têm demonstrado que, num terço daqueles que sofrem desta doença, a enxaqueca é precedida por uma aura. A aura apresenta-se sobre a forma de um distúrbio visual, como a visualização de luzes intermitentes, ou poderá também provocar sintomas físicos como tonturas ou dormência. Estudos recentes também demonstraram que as enxaquecas com aura estavam associadas a um aumento do risco de sofrer de acidente vascular cerebral (AVC) e de doença arterial coronária.

 

Para este estudo, os investigadores do U.S. National Institute on Aging acompanharam 4.689 indivíduos de meia-idade desde 1967 até uma data compreendida entre 2002 e 2006, altura em que todos os participantes foram submetidos a uma ressonância magnética.

 

O estudo revelou que 39% dos homens e 25% das mulheres desenvolveram lesões cerebrais de tamanho muito reduzido, algumas tão minúsculas como a cabeça de um alfinete.

 

Os cientistas verificaram que 361 participantes padeciam de enxaqueca com aura. Lesões cerebrais foram encontradas em 23% das mulheres incluídas neste grupo, enquanto 14,5% das mulheres que não sofriam de enxaqueca apresentaram lesões semelhantes.

 

Após terem ajustado a idade, o sexo e o período de acompanhamento, Lenore Launer e os seus colaboradores verificaram que as mulheres que tinham enxaquecas com aura apresentavam, numa fase mais avançada da idade, o dobro do risco de desenvolvimento de lesões cerebrais. Contudo, esta mesma associação não foi encontrada nos homens, o que, na opinião dos autores, poderá ser explicado pelo pequeno número de homens envolvidos no estudo ou por algo que afecta especificamente as mulheres que sofrem de enxaqueca com aura.

 

Lenore Launer afirmou ao sítio HealthDay que o próximo passo será estudar qual o significado funcional das lesões cerebrais que ocorrem nestes pacientes.

 

ALERT Life Sciences Computing, S.A.
 

 

Partilhar:
Ainda não foi classificado
Comentários 0 Comentar

Comente este artigo

CAPTCHA
This question is for testing whether you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.
Incorrecto. Tente de novo.
Escreva as palavras que vê na imagem acima. Digite os números que ouviu.