Envelhecimento proporciona quadros de demência e depressão

Identificação das doenças é difícil

19 abril 2012
  |  Partilhar:

No seio de uma população cada vez mais idosa haverá um crescimento de quadros de depressão e demência, que é preciso tratar e prevenir, defendeu o psiquiatra Pedro Carvalho.

 

“Vai haver cada vez mais quadros demenciais e depressivos que terão que ser tratados e prevenidos”, revelou o psiquiatra à agência Lusa.

 

Deste modo, o também professor do Instituto Superior da Maia defendeu a integração dos mais velhos, de forma a que se sintam cada vez mais úteis, dedicando-se a tarefas que podem estar relacionadas com o cuidar dos netos no seio familiar, ajudar nas atividades agrícolas ou em museus.

 

“Tantas coisas que já são feitas lá fora no sentido de que a pessoa se possa sentir útil para a sociedade, família, para si própria”, salientou.

 

A identificação destas doenças nos mais velhos, é, para o professor João Barreto, o “grande problema”.

 

“Eles, muitas vezes, não se queixam e a sociedade tolera que essas pessoas estejam doentes, não as acompanhando ou levando ao médico, ao contrário do que acontece em relação aos mais jovens”, referiu o docente de Gerontologia da Universidade Católica Portuguesa.

 

João Barreto considerou que este problema é “especialmente grave” nas cidades, onde os idosos vivem isolados e “podem até adoecer, passar mal e morrer sem que ninguém saiba”. Apesar do registo que está a ser feito dos idosos que vivem sós, é necessário proceder a atualizações constantes desses dados e conhecer as necessidades que essas pessoas têm.

 

“Os idosos são todos diferentes uns dos outros. Há pessoas que preferem ficar nas suas casas, embora sozinhos”, acrescentou João Barreto.

 

Para acompanhar precisamente estas pessoas que vivem isoladas, a Câmara de Vila Real distribuiu 43 aparelhos de alarme para que estas possam pedir ajuda, carregando apenas num botão.

 

A vereadora Dolores Monteiro explicou que o passo seguinte será conceder estes aparelhos, os "skeepers", aos doentes de Alzheimer das Instituições Particulares de Solidariedade Social do concelho.

 

ALERT Life Sciences Computing, S.A.

Partilhar:
Classificações: 1 Média: 5
Comentários 0 Comentar

Comente este artigo

CAPTCHA
This question is for testing whether you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.
Incorrecto. Tente de novo.
Escreva as palavras que vê na imagem acima. Digite os números que ouviu.