Envelhecimento é diferente entre homem e mulher?

Psicólogos estudam em macacos as diferenças dos humanos

07 março 2005
  |  Partilhar:

 

 

 

Psicólogos norte-americanos estudaram o comportamento de macacos para tentar esclarecer as causas das diferenças entre homens e mulheres, em matéria de declínio cognitivo relacionado com a idade.
 

 

«Quando falamos de envelhecimento, as mulheres podem ter mais uma razão para estar agradecidas», diz a endocrinologista Agnès Lacreuse, responsável por um estudo publicado na última edição da revista «Behavioral Neuroscience».
 

 

O estudo, feito com macacos rhesus foi realizado no Yerkes National Primate Research, da Universidade de Emory, de Atlanta (Geórgia).
 

 

Ao observarem que a memória espacial, responsável pela fixação de informações sobre orientação espacial, declinava mais nos machos do que nas fêmeas em macacos idosos, a equipa de investigadores concluiu que o sexo da espécie pode influenciar o declínio cognitivo vinculado à idade.
 

 

A descoberta, segundo a coordenadora da investigação, poderá ter implicações no desenvolvimento de terapias específicas para cada sexo que ajudem os seres humanos a prevenir a perda de memória ligada ao envelhecimento.
 

 

Segundo a investigadora, estas diferenças entre sexos são pouco estudadas nos seres humanos e, quando o são, os resultados obtidos são inconsistentes. E isso porque na investigação em seres humanos intervêm factores que a confundem e complicam, como os medicamentos, as dietas, os estilos de vida, a educação e a cultura.
 

 

Fonte: Lusa
 

Partilhar:
Ainda não foi classificado
Comentários 0 Comentar

Comente este artigo

CAPTCHA
This question is for testing whether you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.
Incorrecto. Tente de novo.
Escreva as palavras que vê na imagem acima. Digite os números que ouviu.